Por vezes, basta um tomate…

…ou: tip para quem necessita aumentar a produtividade.

Pollock

Espaço de Jackson Pollock

Um dos problemas com os quais me tenho deparado, a escrever a Dissertação, para além dos já mencionados no post anterior, é a incapacidade de manter a concentração por um período de tempo relativamente decente! Porque, inexplicavelmente, eu que sempre fui uma rapariga bastante concentradinha (não fisicamente, aí até sou bastante expandida, principalmente na vertical), consigo dispersar-me com qualquer mínimo detalhe, à hora de me por com trabalhos académicos.

Lennon OnoEspaço de John Lennon e Yoko Ono

Já li bastante sobre estes assuntos: eficácia e produtividade. Já passei a questionar-me se a minha falta de concentração não seria fruto de um subconsciente “medo da folha em branco”…não, a folha já não estava branca…se não seria uma auto-sabotagem típica de quem é perfeccionista ou tem medo de falhar (esta está muito na moda), mas também já passei há bastante tempo o medo de mostrar os meus erros, principalmente em fase de processo: se há algo que já aprendi, é que só não erra quem não tenta! Concluí que seria mesmo saturação! Ao contrário do que estava a tentar, não me falta mais tempo em frente ao computador: falta-me menos!

Ora este fim de semana, instalei uma app nova no meu iMac que realmente fez a diferença: chama-se Pomodoro Timer.

        Rothko    Espaço de Mark Rothko

No entanto, não é da App em si que pretendo falar, mas sim do método (que pode ser seguido com ou sem app’s): este consiste, de uma forma simplificada, em alternar períodos de trabalho intensos e sem interrupções, de 25 minutos cada, com intervalos de 5 minutos e, após cumprida uma sequência de quatro “pomodoros”, ou seja, períodos de 25+5min., a pausa será de 15 minutos.

Francis Bacon

    Espaço de Francis Bacon

Neste caso em particular, não surgiu a App depois do método: tomei conhecimento do método após encontrar a app no setor “produtividade” da Apple Store. Instalei. Experimentei. Gostei.

Yves

    Espaço de Yves Saint Laurent

Eu creio que funciona bem porque, dividindo o tempo em sequências relativamente curtas, evita-se o dispersar ocasional, que parece ter sido de apenas um minutinho, mas que na realidade foi meia hora…ou mais!

E como sei que tenho apenas 25 minutos pra determinada tarefa, inexplicavelmente, foco-me mais! E passam 5 minutos….e volto a focar naquilo que realmente importa!

Picasso

    Espaço de Pablo Picasso

Como gostei tanto do método resolvi investigar mais um pouco sobre o Pomodoro. Descobri que já existe um livro e um site cheio de dicas úteis relacionadas com este método. Fica aqui o vídeo, que certamente será mais esclarecedor que as minhas palavras:

Imagem de capa

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s